Páginas

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

{RESENHA} Os Diários do Semideus - Rick Riordan

Os Diários do Semideus é um livro cuja leitura aconselho após a das duas sagas dos heróis, caso contrário se tornaria confuso. Ele mescla contos tanto sobre os personagens de Percy Jackson e os Olimpianos quanto de Os Heróis do Olimpo. Particularmente adorei esse livro, pequeninho, fofo e de capa dura, pois ele esclarece muita coisa (ainda mais porque você já conhece as histórias).


O livro começa com uma carta ao leitor do Acampamento Meio-Sangue. Em seguida vem a história de Luke Castellan, aqui o autor conta as primeiras aventuras do menino com Thalia e o encontro com Annabeth, antes de chegarem até a colina. Também há um momento com os enamorados Annabeth e Percy, um conto sobre as trapalhadas de Léo Valdez e seus amigos inseparáveis, piper e Jason.

A cada conto há página interativas como caça-palavras e mensagens secretas, mas o melhor mesmo são as ilustrações dos personagens principais de ambas as sagas.Na verdade, ficaria mais completo se o autor tivesse adicionado histórias sobre a Hazel, o Frank, a Reyna e o Nico!

Foto: Lu Garcia

Antes da última narração Rick Riordan escreve uma nota emocionante falando sobre como Percy Jackson começou: era uma história que ele contava ao filho, Haley, antes de dormir. Quando o autor planejou este pequeno livro, perguntou se Haley gostaria de contribuir, pois fora ele a inspiração para a existência de Percy. E não fosse por seu incentivo, nunca teria escrito O Ladrão de Raios.

Eis que a última fábula é o primeiro manuscrito de Haley Riordan: O Filho da Magia. Diga-se de passagem é muito bem escrito, o garoto revela porque os monstros conseguem farejar, sentir a presença de um meio-sangue. Ele também fala sobre a guerra contra Cronos sob outra perspectiva. A linha de raciocínio e o modo de escrever é tão boa quando a do pai. Segundo Riordan, o menino quer escrever os próprios livros.

Vamos aguardar então Haley!

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

{RESENHA} Os Heróis do Olimpo: O Sangue do Olimpo - Rick Riordan

O Sangue do Olimpo é o quinto volume da série Os Heróis do Olimpo.

Clique aqui para ver O Herói Perdido.

Jason tem pesadelos cujo fantasma da mãe o atormenta. Ela o abandonara quando ele ainda era um bebê. Mas agora, com as Portas da Morte abertas, eles ficam frente a frente outra vez. Embora fosse muito pequeno na ocasião, de algum modo o semideus a reconhece... o mesmo vestido, os mesmos braceletes, o mesmo penteado, o mesmo perfume... Jason sente-se novamente como um garotinho indefeso, assustado, vulnerável e perdido na mata chamando pela mãe e pela irmã Thalia.

Clique aqui para ver O Filho de Netuno.


A mãe quer que ele desista da missão, quer que ele se junte aos propósitos de Gaia, quer que ele troque de lado, lute a favor da Deusa da Terra a fim de fazer justiça. Pois se sua mãe enlouquecera e o abandonara fora por culpa de Júpiter ou de Zeus, já que ambas as personalidades, grega e romana, a rejeitaram...

Clique aqui para ver A Marca de Atena.

O garoto sabe que o ressentimento pelo abandono está no âmago do seu ser. Era a promessa não cumprida da mãe de retornar para buscá-lo que o fazia seguir as regras e manter seus juramentos. Jason precisará decidir entre a razão e o coração. Mas será que o herói conseguirá ser forte e lutar contra o sentimento de poder estar novamente com sua progenitora?

Clique aqui para ver A Casa de Hades.

Foto: Lu Garcia

Para Piper, o trecho da profecia "Em tempestade ou fogo, o mundo terá acabado" pode significar que Gaia será derrotada ou por Leo ou por Jason. Leo, como filho de Hefesto, representa o fogo e Jason, como filho de Júpiter, representa a tempestade.  Porém, mais do que isso, pode significar a morte de um dos dois. Mas Leo tem um plano perigoso... Será que vai funcionar?

Clique aqui para ver Os Diários do Semideus.

Segredos adormecido sobre o passado de Reyna vem à tona e ela precisará enfrentá-los antes de seguir com sua missão. Ela contará com o auxilio de Nico di Ângelo para devolver a Atena Partenos ao Acampamento Meio Sangue com o propósito de acabar com a animosidade entre gregos e romanos. Mais do que nunca, ambos os acampamentos precisam somar forças contra Gaia.

Minha Percepção - Infelizmente as aventuras de Percy Jackson e seus amigos chegaram ao fim... O autor não deu nenhuma pista de que haverá uma terceira saga como fez na primeira. Então acho que é isso! Recomendo ambas! Na minha opinião, Os Heróis do Olimpo é ainda melhor do que Percy Jackson e os Olimpianos. Ainda há Os Diários do Semideus como complemento! Nesse último volume, Rick Riordan dá voz, pela primeira vez, a Nico di Ângelo e eu amei isso (ainda mais depois da revelação em A Casa de Hades). Outra coisa nova nessa segunda série é o glossário que foi inserido em todos os livros explicando um pouquinho mais sobre as mitologias grega e romana. Ai ai... já estou com saudades...

Riordan bem que poderia escrever um volume contando como foi a vida de Annabeth e Percy em Nova Roma (SPOILER!), se houve mudança de comportamento por parte dos Faunos, quem assumiu a pretoria junto com Reyna, se Leo finalmente deixou de ser a "sétima vela" ao lado de Calipso (SPOILER!) e sobre Nico claro! #FicaaDica

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

{RESENHA} Os Heróis do Olimpo: A Casa de Hades - Rick Riordan

A Casa de Hades é o quarto volume da série Os Heróis do Olimpo.

Clique aqui para ver O Herói Perdido.

Hazel está cansada de passar o tempo todo preocupada e assustada. Como filha de Plutão, consegue sentir que Annabeth e Percy ainda estão vivos, embora tenham despencado naquele abismo. Ela sabe que terá uma chance de ajudá-los caso consiga sobreviver ao desafio que a aguarda na Casa de Hades.


Clique aqui para ver O Filho de Netuno.

Annabeth e Percy precisarão ser fortes tanto fisicamente quanto psicologicamente, pois tudo no Tártaro é feito para matar ou machucar. O Rio Cócito sussurra palavras negativas, infelizes e de lamentação, suas margens são praias formadas por cacos de vidro afiados em vez de areia e o ar é acido... Fora isso, ainda há todos os tipos de monstros mitológicos cujo alguns não veem a hora de vingar-se de Percy Jackson. Mas o casal ainda terá uma ínfima chance de sobreviver a todas essas torturas encontrando o Rio Flegetonte, um rio de fogo criado para curar pessoas más a fim de preservar suas vidas de modo que suportem os tormentos dos campos de Punição. Essa é a melhor opção que há no momento...

Clique aqui para ver A Marca de Atena.

Foto: Lu Garcia

Leo está obcecado pela Atena Partenos, passa horas e horas analisando a estatueta a fim de encontrar um interruptor, uma placa de pressão ou qualquer coisa do tipo. Mas quanto mais ele examina mais se frustra. Para ele, é inconcebível que algo funcione apenas com magia e não mecanicamente. Leo acha que é o culpado pelo o que aconteceu a Annabeth e Percy em Roma. Ele deveria ter percebido que o chão estava instável, deveria ter trazido todos a bordo do Argo II em segurança antes de começar a prender a estátua... mas por outro lado, se a estátua tivesse se perdido, os acampamentos nunca fariam as pazes e as chances de derrota contra Gaia aumentariam...

Clique aqui para ver O Sangue do Olimpo.

Frank está sendo atormentado pelas duas personalidades, grega e romana, de seu pai, o Deus da Guerra. Marte exige que o garoto extermine os tripulantes gregos da embarcação, já Ares quer que ele mate todos os romanos presentes no Argo II. Será que o semideus irá ceder a pressão?

Clique aqui para ver Os Diários do Semideus.

Minha Percepção - Este é o maior livro da série! Aqui todos os heróis, protagonistas da Profecia dos Sete, relatam seus medos, anseios e desejos. Em uma tarefa com Jason, Nico di Ângelo é obrigado a confessar o amor que sente por alguém... Ahh esse Riordan... Sabe muito bem como conduzir nossos pensamentos. Provavelmente como todos os leitores das sagas, eu também achava que sabia por quem Nico era apaixonado! Mas você ficará surpreso! Sério! Confesso que compreendi o garoto, consegui entender todo o seu sofrimento, se escondendo nas sombras, viajando sozinho pelo Tártaro, se excluindo de ambos os acampamentos... De todas as revelações, essa foi a que mais me tocou...

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

{RESENHA} Os Heróis do Olimpo: A Marca de Atena - Rick Riordan

A Marca de Atena é o terceiro volume da série Os Heróis do Olimpo.

Annabeth está ansiosa pelo re-encontro com Percy Jackson. Finalmente, após tantos meses afastados, eles poderão ficar juntos outra vez. Porém, ela teme que o namorado tenha mudado ou esteja habituado aos costumes romanos, ainda mais ao vê-lo vestido como um pretor, ao perceber a tatuagem, semelhante a de Jason, no antebraço e o quão à vontade ele parece estar com os novos amigos...


Clique aqui para ver O Herói Perdido.

Ela também não tem certeza do modo como os romanos irão encarar o Argo II, a fantástica criação de Leo inspirada na embarcação de Jasão e os Argonautas. Definitivamente, um navio cuja proa há um dragão de bronze cuspidor de fogo não parece amigável. Sua esperança é que os centuriões vejam Jason à bordo e entendam que não se trata de uma arma grega de guerra e sim de uma missão de paz.

Clique aqui para ver O Filho de Netuno.

Foto: Lu Garcia

Clique aqui para ver A Casa de Hades.

Mas sua jornada está apenas começando... e os desafios são muitos. Talvez esta seja a pior missão da vida de Annabeth, ela precisará enfrentar seus maiores medos e anseios para recuperar algo que fora roubado a éons atras e que pode ser a causa da animosidade entre gregos e romanos. A missão deve ser cumprida apenas por ela, sem auxilio e companhia dos amigos, segundo a profecia.

Clique aqui para ver O Sangue do Olimpo.

Jason desconfia saber o que A Marca da Atena tem para revelar a Annabeth, mas reluta em contar-lhe a antiga lenda com receio de despertar-lhe o sentimento de vingança...

Clique aqui para ver Os Diários do Semideus.

Minha Percepção - Este é o segundo maior livro da saga, ficando atrás apenas do quarto volume cuja narrativa é feita pelos sete meios-sangues da Grande Profecia. Aqui o leitor descobre qual a ligação de Hazel com o passado de Leo. Porque a presença dele causa dor e sofrimento a ela... Ahh e o Rick Riordan apronta uma boa no fim do livro... Meu coração fez uma acrobacia e queria sair pela boca quando li o que acontece a Annabeth e Percy. Este foi o único, dos 11 livros sobre o tema, que me deixou realmente tensa...

{RESENHA} Os Heróis do Olimpo: O Filho de Netuno - Rick Riordan

O Filho de Netuno é o segundo volume da saga Os Heróis do Olimpo.

No primeiro livro há o mistério do paradeiro de Percy Jackson e a chegada de um estranho semi-deus desmemoriado, fluente em latim e que se refere aos Deuses apenas em suas formas romanas, não gregas como são cultuadas no Acampamento Meio-Sangue. As lembranças de Jason são devolvidas no finalzinho do livro e deduz-se que fora feita uma troca de líderes.

Clique aqui para ver O Herói Perdido.


A partir do segundo livro, passamos a compreender porque Rick Riordan nomeou-o Netuno: pois esta é a forma romana de Poseidon. Aqui a maior parte das narrativas são feitas por Percy.

Foto: Lu Garcia

Percy Jackson - Acorda de um longo sono sem lembrar quem é e de onde vem (acho que já vi isso antes...). As únicas coisas que o fazem querer encontrar as respostas são um rosto e um nome: Annabeth. Ele vem sendo perseguido por duas górgonas horrorosas que se reintegram assim que são atingidas por aquela caneta esquisita que se transforma em espada, simplesmente elas não morrem. É durante essa fuga que encontra um acampamento cuja entrada esta sendo vigiada por duas sentinelas. Embora saiba, de alguma forma, que este é o lugar que procura, ele não se sente a vontade, sente-se em território inimigo, seus sentidos o alertam para o perigo... No entanto, duas pessoas lhe parecem estranhamente familiar...

Clique aqui para ver A Marca de Atena.

Hazel - É filha de Plutão. Ela recebe visitas frequentes do irmão que não é bem quisto pelos campistas do Acampamento Júpiter. O irmão veio lhe contar as novidades do Mundo Inferior, parece que as notícias não são nada animadoras: Gaia, a Deusa da Terra, pretende retornar do Tártaro e dominar o mundo novamente. Eles suspeitam que a Mãe Terra esteja controlando as Portas da Morte, isso explica porque alguns monstros não estão morrendo. Apresenta o irmão para o recém chegado Percy Jackson, que insiste em dizer que já o conhece. Hazel é de outro tempo, há muitos anos atrás fora amaldiçoada graças a ambição de sua mãe, mas tem esperança de que um dia um descendente de Netuno apareça em sua vida para lhe trazer paz. Vive sendo atormentada pelas lembranças dolorosas do passado e se Gaia está se fortalecendo a cada dia a culpa é dela...

Foto: Lu Garcia

Clique aqui para ver A Casa de Hades.

Frank - Guarda um grande segredo. Completara 16 anos recentemente e espera que seu pai divino se pronuncie. Seu desejo é ser filho de Apolo, já que a unica atividade em que ele se destaca é a com arcos e flechas. Após a morte da mãe, sua avó o enviou ao acampamento para aprimorar suas habilidades. O fato é que ele ainda não tem ideia de tudo o que é capaz... As surpresas começam quando seu pai finalmente o reconhece...

Clique aqui para ver O Sangue do Olimpo.

Reyna - É pretora da Décima Segunda Legião do Acampamento Júpiter, Jason também o era antes de desaparecer. Está sempre acompanhada de seus galgos: Argentum e Aurum. Ela não entende como um garoto, filho de Netuno, com uma aura tão poderosa que atrai toda a sorte de monstros, pode ter conseguido sobreviver por tanto tempo sozinho e sem treinamento. Ele deve ter vindo de algum lugar, mas de onde? Para Reyna, a chegada do semi-deus não representa bom augúrio, os Lares estão inquietos com sua presença, o chamam de "graecus", sua camiseta é estranha, e o que significam aquelas contas em seu cordão?

Clique aqui para ver Os Diários do Semideus.


Minha Percepção - O enredo de Rick Riordan é sempre coerente e claro. O Herói Perdido é cheio de suspense, pela incógnita que é o surgimento de Jason e o desaparecimento de Percy. Porém em O Filho de Netuno, o autor traz uma trama surpreendente e cheia de ligações com as aventuras de Percy Jackson na primeira saga. Recomendo muito! Além de ser uma leitura divertida é uma excelente maneira de aprender história, pois entramos em contato com as mitologias grega e romana.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

{RESENHA} Os Heróis do Olimpo: O Herói Perdido - Rick Riordan

O Herói Perdido é o primeiro volume da série Os Heróis do Olimpo. Essa é a segunda saga cujo Rick Riordan narra as novas aventuras de Percy Jackson e seus amigos. Dessa vez o autor inclui outros meios-sangues tão importantes quanto Percy, alguns deles são os semi-deuses escolhidos para cumprir a recente Grande Profecia.

Ao contrário da última saga, os livros dessa série não contam com capítulos definidos por um título (geralmente sarcástico), mas sim com o nome do herói que narra aquela parte. Agora, a história não é mais contada só por Percy Jackson.


Clique aqui para ver O Filho de Netuno.

Annabeth recebe um aviso: as respostas para o desaparecimento do namorado, Percy Jackson, estão com três meios-sangues que devem ser levados ao acampamento.

Clique aqui para ver A Marca de Atena.

Foto: Lu Garcia

Jason - Acorda dentro de um ônibus de excursão, lotado de alunos, ao lado de uma garota bonita que diz ser a sua namorada e de um menino travesso que faz piada de tudo. Ele não lembra daquele lugar nem daquelas pessoas, ele não lembra quem é e nem de onde veio. Mas ao ser atacado pelos venti, espíritos da tempestade, luta com eles como se já tivesse experiência, inclusive ele tem uma moeda que se transforma em espada.  Uma menina loira aparece e diz que precisa levá-los até o Acampamento Meio-Sangue. Jason tem uma tatuagem na parte interna do antebraço que consiste em linhas retas, como códigos de barra, e no alto uma águia seguida das letras SPQR. Parece que Jason já fora reclamado por seu pai divino... mas como ele conseguiu sobreviver todos aqueles anos sozinho? Sem a proteção e o treinamento do acampamento? E o que significam aquelas letras? Como sabe falar Latim fluentemente? Como ele conhece a Profecia dos 7? E qual a sua relação com Thalia Grace? O fato é que ele não se sente a vontade nesse acampamento, sente-se como se estivesse em território inimigo, como se fosse ser atacado pelos campistas a qualquer momento...

Clique aqui para ver A Casa de Hades.

Piper - Está muito chateada. Ela não entende porque, de uma hora para outra, o namorado insiste em dizer que não a reconhece. O sumiço do seu pai, um astro de cinema, e os pesadelos em que ele aparece capturado não ajudam para que ela se sinta melhor. Nesses sonhos, Piper é chantageada: ela deve colaborar e trair seus amigos em troca da vida de seu pai. Ela, o namorado e o melhor amigo são atacados, ela fica impressionada com a habilidade de Jason durante a luta. Parece até que ele já é acostumado a fazer aquilo. No caminho para o acampamento, a garota explica porque eles devem ir para lá. Ela ganha um presente, uma arma na verdade: a adaga Katoptris. Sente o peso da traição cair-lhe sobre as costas, afinal aquelas pessoas são tão legais com ela, mas precisa salvar seu pai...

Clique aqui para ver O Sangue do Olimpo.

Leo - Tem convicção que Jason está brincando ao dizer que não lembra deles e nem de si próprio. Mas as coisas começam a ficar muito esquisitas, primeiro porque são atacados do nada e segundo... Ele está tendo alucinações ou a moeda do amigo se transformou em uma espada? E quem é aquela garota que insiste em levá-los a um tal acampamento? Ok! Ele não sabe muito bem o que quer dizer "semi", mas com certeza não está se sentindo muito "deus"... No acampamento, fica muito a vontade, ainda mais com todas aquelas ferramentas! Ele é fera em consertar coisas! Aquele lugar lembra a oficina da mãe, morta em um acidente há alguns anos. Ele sente-se culpado pela tragédia, afinal ele é uma aberração... pois se não tivesse habilidade com fogo talvez aquele acidente nunca tivesse acontecido e sua mãe ainda estivesse viva...

Clique aqui para ver Os Diários do Semideus.

Minha Percepção - Essa saga é ainda melhor do que a primeira. O autor deixa de lado aquele ar infantil dos personagens, até porque eles também crescem, e insere mais romance no enredo. Vi algumas criticas a Rick Riordan dizendo que ele deixou Percy Jackson de lado dando ênfase a outros heróis. Sinceramente, achei ambas as sagas perfeitas, afinal o acampamento é um refugio para todos os meios-sangues, não só para Percy. Na minha visão o autor não tirou o personagem dos holofotes, e sim adicionou outros também interessantes para que trabalhassem em equipe, afinal são sete meios-sangues. Se Percy tivesse mesmo perdido importância não teria estreado a série com todos  os campistas empenhados para encontrá-lo. E o fato de estar desaparecido fazia-me pensar nele o tempo todo, onde poderia estar?  Quem o levara e porque? Na verdade, ele fora levado justamente por sua relevância, por ser um líder. O autor mencionou-o em todos os momentos do livro e jamais o diminuiu.