sexta-feira, 29 de julho de 2016

{RESENHA} Harry Potter e as Relíquias da Morte - J. K. Rowling


Harry está prestes a completar 17 anos e sendo maior de idade - no mundo dos bruxos - o feitiço de proteção lançado por sua mãe, quando esta morreu para salvá-lo de Voldemort, perderá o efeito, ou seja, o garoto tornar-se-á alvo ainda mais fácil para os Comensais da Morte. No entanto, existem amigos sempre dispostos a auxiliá-lo, bem como a Ordem da Fênix. Ambos os grupos se unem a fim de transferir o menino e os Dursley para um local seguro. Aqui uma surpresa: Duda mostra preocupação com o destino do primo (situação inesperada e difícil de crer).

Foto: Lu Garcia

Apesar do clima tenso, devido a ascensão do Lorde das Trevas, o Profeta Diário continua em plena atividade tendo Alvo Dumbledore como assunto de suas colunas. Amigos do finado diretor o descrevem como um homem maravilhoso e bondoso, já Rita Skeeter escreve uma bibliografia intitulada A Vida e as Mentiras de Alvo Dumbledore onde o aponta como um vaidoso arrogante e revela que, em sua juventude, era associado a Grindelwald, um bruxo das trevas que perde apenas para Voldemort.

Clique aqui para ver Harry Potter e a Câmara Secreta.

Diante dessas controvérsias, Harry se sente triste por perceber que pouco conhece sobre o homem em quem confiou cegamente. No fundo, ele está magoado e com raiva por Dumbledore não ter lhe contado sobre seu passado. Embora tenha sido vítima das invencionices de Rita Skeeter, o garoto não sabe no que acreditar e põe o caráter do diretor em dúvida. Será que Alvo Dumbledore o iludira?

Clique aqui para ver Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban.

Rony e Hermione não abrem mão de partir com O Eleito em busca das Horcruxes. Dumbledore devia saber que seria assim ou não teria deixado um testamento para o trio: Rony herdou o desiluminador, Hermione um livro de contos infantis e Harry o primeiro pomo capturado pelo garoto além da espada de Godric Gryffindor (cujo está desaparecida). Certo de que estes estranhos objetos os ajudarão na difícil missão deixada por Alvo, Harry percebe o quão obscuro é o seu desfecho, mais ainda ao descobrir que, concomitantemente, seguem as pistas para reunir as três Relíquias da Morte cujo uma delas, ele tem certeza de que já possuí...

Clique aqui para ver Harry Potter e o Cálice de Fogo.

Poções Polissuco, escoltas, perseguições, mortes, fugas invasões, segredos, viagens, Horcruxes, Relíquias da Morte, a revelação de uma verdade... batalhas... tudo isso e mais no sétimo volume da série Harry Potter.

Clique aqui para ver Harry Potter e a Ordem da Fênix.

Minha Percepção - As mortes, antes esporádicas, se tornam rotina. Voldemort toma o Ministério da Magia, analisa a árvore genealógica de todos os bruxos (como se ele possuísse sangue puro... ah tá...), manda os nascidos trouxas (os sangues ruins) para Azkaban, entre tantas outras crueldades e injustiças. Em meio a todo este caos, J. K. Rowling consegue inserir em sua narração momentos mais leves ou felizes (dentro do possível) como o casamento de Gui e Fleur.

Clique aqui para ver Harry Potter e o Enigma do Príncipe.

O testamento de Dumbledore me deixou atônita, eu sabia que eram pistas e que essa atitude possuía propósitos, mesmo que não pudesse distingui-los. Na minha opinião a série foi encerada com êxito, exceto por alguns detalhes, quero dizer, achei que faltou algumas conclusões como, por exemplo, se os garotos finalizam os estudos em Hogwarts ou ficam sem formação bruxa. A história simplesmente dá um salto de 19 anos...

De qualquer forma, já estou com saudade dos bruxinhos que conquistaram uma legião de fãs por todo o mundo. Recomendo do primeiro ao último título!

sábado, 16 de julho de 2016

{RESENHA} Harry Potter e o Enigma do Príncipe - J. K. Rowling

O Ministério da Magia finalmente admitiu que Voldemort retornou após flagrar o incidente no Departamento de Mistérios no último ano. Agora as pessoas andam apreensivas e cautelosas, como se algo terrível pudesse lhes acontecer de uma hora para outra. E estão certíssimos! Os jornais bruxos não param de noticiar mortes estranhas e desaparecimentos, além de continuar publicando matérias sobre Harry, desta vez sob o título "O Eleito" e não mais como o pirado mentiroso.


Das muitas novidades em Hogwarts destacam-se as instruções para que os alunos aprendam a aparatar e a contratação de um novo professor, Horácio Slughorn. Adivinha o quê ele vai lecionar? Não, não é Defesa Contra as Artes das Trevas, mas Poções... o que significa... Isso mesmo! Finalmente Snape conseguiu o almejado cargo! Só resta saber se ele merece...

Clique aqui para ver Harry Potter e a Câmara Secreta.

Foto: Lu Garcia

Clique aqui para ver Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban.

A presença de Slughorn na escola é apenas um pretexto de Dumbledore para conseguir dele uma lembrança... que envolve... Você-Sabe-Quem...

Clique aqui para ver Harry Potter e o Cálice de Fogo.

Colares amaldiçoados, bebidas envenenadas e um suspeito livro de poções (que pertence a alguém que se autodenomina "Príncipe Mestiço") são algumas das coisas que Harry Potter e o Enigma do Príncipe nos reserva. Desse modo, Harry esta novamente cercado de situações sinistras: desconfia das atitudes de Draco Malfoy (e ninguém - nem mesmo os amigos - dão créditos às suas suspeitas); torna-se um exímio preparador de poções após seguir as instruções da tal Príncipe; analisa o passado de Tom Ridlle na penseira de Dumbledore; e, de quebra, sai em uma ventura ao lado do sábio diretor.

Clique aqui para ver Harry Potter e a Ordem da Fênix.

Minha Percepção - Assim como alguns outros títulos da série, Harry Potter e o Enigma do Príncipe não começa narrando as desastrosas férias de verão na rua dos Alfeneiros e sim na sala do Ministro dos trouxas em uma reunião com o "outro Ministro", o da Magia. A história fica ainda mais intrigante quando a mãe e a tia de Draco Malfoy procuram Severo Snape para falar sobre uma missão que o Lorde das Trevas incumbiu ao garoto... o professor faz um juramento... comprometendo-se a cuidar e terminar a tarefa, caso o garoto venha a falhar...

Clique aqui para ver Harry Potter e as Relíquias da Morte.

Este livro com certeza é um divisor de águas, pois fiquei realmente confusa e curiosa quanto a lealdade de Snape. De que lado ele de fato está? Qual das organizações está traindo: a Ordem da Fênix ou os Comensais da Morte? Quais são suas intenções, afinal? Só vejo três possibilidades: ou Voldemort se acha o esperto, mas está sendo passado para trás pelo professor, pois ele sabe onde fica a sede da Ordem e não lhe confidenciou; ou Dumbledore confia de mais nas pessoas e não sabe com quem está lidando; Estas duas opções são bem plausíveis, já que Snape é um excelente Oclumente podendo ocultar o que lhe for conveniente... ou ainda, Snape quebrará o Voto Perpétuo e morrerá para proteger a Ordem. Mas será que ele tem tal nobreza de caráter??

quarta-feira, 13 de julho de 2016

{RESENHA} Harry Potter e a Ordem da Fênix - J. K. Rowling

Clique aqui para ver Harry Potter e a Pedra Filosofal.

Embora o Lorde das Trevas tenha retornado, Harry não ouve falar dele ou de suas atividades. O garoto está estranhando o silêncio dos amigos sobre o assunto e sentindo-se irritado com as cartas evasivas do padrinho e, consequentemente, injustiçado por não o informarem sobre os planos de Voldemort. Afinal, fora ele quem esteve cara a cara com o bruxo! Ele testemunhara o assassinato de Cedrico Diggory! Em meio a todos esses pensamentos e duvidas o menino sofre um ataque de dementadores, precisando recorrer a magia para se defender...

Clique aqui para ver Harry Potter e a Câmara Secreta.

Porém, bruxos menores de idade não podem fazer mágicas fora dos domínios de Hogwarts. Como esta não foi a primeira vez que o Ministério da Magia detecta uso indevido de feitiços no bairro de Harry, o menino é intimado a comparecer em uma audiência que decidirá se ele permanece ou é expulso da escola. Mais mistérios e perguntas sem respostas assolam a mente do garoto quando um grupo de bruxos invade sua casa e o levam para a sede da Ordem da Fênix, uma sociedade secreta fundada por Dumbledore com o objetivo de reunir membros que lutam contra Voldemort.

Clique aqui para ver Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban.

Foto: Lu Garcia

Clique aqui para ver Harry Potter e o Cálice de Fogo.

Harry não é o único com problemas, o diretor de Hogwarts também se vê caluniado e desacreditado tanto pelo Ministro da Magia, Cornélio Fudge, quanto pelo jornal da comunidade mágica, o Profeta Diário. Ambos se recusam a acreditar que Você-Sabe-Quem está de volta... Como se tudo isso já não fosse carga mais do que suficiente, uma nova professora de Defesa Contra as Artes das Trevas, Dolores Umbridge, chega metendo o terror na escola, isso porque é uma funcionária do Ministério e exerce também a função de Alta Inquisidora. Déspota é pouco para defini-la: aplica castigos físicos, proíbe alguns alunos de jogar quadribol, demite professores da confiança de Dumbledore, privilegia os que são "dedo-duro", entre outros. Mas sempre com um sorriso amável e meigo no rosto... (e nem mencionei que este ano a turma de Harry precisa estudar pra valer pois deve prestar o N.O.M - Níveis Ordinários em Magia).

Clique aqui para ver Harry Potter e o Enigma do Príncipe.

Minha Percepção - Embora a narração se mostre tensa em boa parte dos capítulos não consegui reprimir o riso ao ler alguns dos diálogos (principalmente aqueles em que Harry é debochado e irônico - o problema é que pagou tantas detenções que perdi a conta). Neste volume, o menino está estressado além dos limites, descontando suas frustrações em quem não merece e gritando pra caramba. Claro que entendo os motivos para tal atitude enérgica, pois são tantos acontecimentos estressantes que testam a paciência do guri... eu teria explodido muito antes rsrsrs.

Clique aqui para ver Harry Potter e as Relíquias da Morte.

Gente o que é aquela Dolores Umbridge?? Que mulher desgraçada! A vontade é socar a cara dela todinha, ainda mais quando imaginamos os sorrisos falsos e calmos. E devo dizer que ela não teve o que mereceu, deveria ter sido muito pior... eu somaria a demissão do Ministério (coisa que não ocorreu! A megera continua lá!). Adorei o lado mais leve da McGonagall, principalmente contra a Umbridge e devo acrescentar que o livro não tem um final tão feliz assim: um dos membros da Ordem é assassinado...

terça-feira, 12 de julho de 2016

{RESENHA} Harry Potter e o Cálice de Fogo - J. K. Rowling

Mais do que nunca, Harry quer se ver livre da insuportável família com a qual é obrigado a conviver, desde que se conhece por gente, para ir assistir aos jogos da Copa Mundial de Quadribol com os Weasley. O que ele não imaginava é que haveriam ataques durante o evento...

Clique aqui para ver Harry Potter e a Pedra Filosofal.

Um grupo de bruxos mascarados invade o acampamento colocando fogo em barracas e lançando feitiços sobre uma família de trouxas por pura diversão. E não são bruxos quaisquer, mas um bando muito específico: são os Comensais da Morte - seguidores de Você-Sabe-Quem! Pouco depois o céu exibe um desenho estranho que consiste em um crânio verde e brilhante com uma cobra saindo de sua boca. Mas quem conjuraria a Marca Negra? O sinal do Lorde das Trevas não era visto há 13 anos! Seria este um aviso sobre o retorno do impiedoso Voldemort? Provavelmente sim...
Foto: Lu Garcia
Muitas outras novidades aguardam o jovem bruxo e os inseparáveis amigos - Rony e Hermione - em Hogwarts. Uma delas é a contratação de Alastor Moody (ou Olho-Tonto) como novo professor de Defesa Contra as Artes das Trevas, um homem excêntrico e Auror (caçador de bruxos das trevas) aposentado. A outra noticia é a realização do Torneio Tribruxo, uma competição entre três escolas de magia que não era promovida há 100 anos, o qual é composto por três tarefas que testarão o conhecimento mágico, a coragem e o raciocínio lógico dos escolhidos pelo Cálice de Fogo.
Os alunos inscrevem seus nomes e somente um aluno de cada instituição é selecionado. Além disso, este ano, menores de dezessete anos estão proibidos de participar. No entanto, o Cálice escolhe quatro nomes, entre eles Harry Potter... O garoto não sabe quem colocou seu nome dentro do Cálice de Fogo e simplesmente não pode decidir por não competir, pois trata-se de um contrato mágico: uma vez escolhido deve cumprir todas as tarefas propostas! Isso tem cheiro de armadilha, não acha?

Minha Percepção - O inicio foi completamente diferente neste volume da série o qual não começou na rua dos Alfeneiros, 4, mas em uma casa velha e abandonada em um pequeno povoado. A propriedade pertence a família Riddle, é cheia de histórias e lendas. Sabemos (depois de ler A Câmara Secreta) quem é Tom Riddle, então não fica difícil ligar os pontos...

Clique aqui para ver Harry Potter e as Relíquias da Morte.

Se tratando de Harry Potter, pela primeira vez achei a parte dos Dursley e d'A Toca um pouquinho monótono. Talvez porque não tenha percebido as tramas escondidas atrás de cada diálogo cujo foram reveladas somente no final do livro ou até mesmo certas situações como a Chave de Portal que os Weasley usam para ir até a Copa Mundial de Quadribol, quero dizer, teve um propósito para a escritora relatar sobre isso no inicio da narração! Com certeza é por isso que é uma série de sucesso!

O leitor já está acostumado com as brigas e implicâncias entre Rony e Hermione, mas desta vez é Harry e Rony que ficam chateados um com o outro chegando a romper com os laços de amizade. Neste volume há muitas situações de ciúmes, rejeição e inícios de romance (isso sem mencionar uma jornalista carniceira que vive inventando mentiras no Profeta Diário. Na minha opinião este livro é o ápice da série: após muito se falar do Lorde das Trevas, Voldemort finalmente recupera seus poderes, significando que a comunidade bruxa voltará a viver com medo e desconfiados...

sexta-feira, 8 de julho de 2016

{RESENHA} Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban - J. K. Rowling

Harry esta passando, novamente, as férias de verão na cada dos Dursley (são os únicos parentes que lhe restam). Aliás, os tios o impedem de aproveitar esse período de descanso como também o proíbem de praticar as lições de magia aprendidas em Hogwarts. Não bastando, eles ainda negam ao sobrinho o direito de se comunicar com os amigos esquisitos. Embora não pareça ser possível, os dias do menino pioram demasiadamente com a chegada da tia Guida, irmã de tio Válter, que só faz implicar, debochar e maldizer de Harry. É uma mulher tão asquerosa, mesquinha e com ares de superioridade tais quais ao restante desta família.

Clique aqui para ver Harry Potter e a Pedra Filosofal.

Foto: Lu Garcia
As coisas saem do controle quando Guida começa a insultar os pais de Harry. O garoto se enraivece de tal forma que transforma a mulher em um balão enorme. Confuso e convicto de que será expulso da escola por uso indevido de magia diante de trouxas, o  jovem bruxo foge de casa. Já na rua ele se vê encurralado por um cão negro muito grande quando é resgatado pelo Nôitibus Andante, o transporte para bruxos perdidos.
De volta à Hogwarts, ele ruma em direção a mais aventuras, segredos e tristezas ligadas a um prisioneiro de Azkaban (lugar onde bruxos infratores são detidos) chamado Sirius Black. O homem conseguiu escapar misteriosamente da fortaleza e todos acreditam que ele está atrás de Harry para terminar o que começou há 12 anos... Sirius era um dos melhores amigos de Lílian e Tiago Potter, os pais de Harry, mas isso não o impediu de se aliar a Voldemort e entregá-los a morte. Fora essa ameaça, o menino ainda tem de evitar o contato com os dementadores (carcereiros de Azkaban) cujo se encontram montando guarda nas fronteiras da escola. Eles são criaturas malignas que se alimentam da felicidade de suas vítimas e perturbam o menino mais do que a qualquer outro...
Minha Percepção - O terceiro volume da série Harry Potter apresenta muitas novidades para o leitor, como por exemplo, a existência do Nôitibus, a explicação mais detalhada sobre a prisão dos bruxos, o que são os dementadores. Harry descobre (e nós também) que os Dursley não são sua única família, então porque não podem ficar juntos??

Clique aqui para ver Harry Potter e o Enigma do Príncipe.

Finalmente a escola contrata um professor de Defesa Contra as Artes das Trevas que sabe o que está fazendo! Remo Lupin é muito diferente do mau caráter Quirrell e nem um pouco exibicionista ou charlatão como Lockhart, mas guarda um segredo que pode representar perigo não só aos alunos mas para toda Hogwarts...

Clique aqui para ver Harry Potter e as Relíquias da Morte.

Há muitas outras situações inéditas neste livro, como uma revelação sobre Hermione (que anda muito misteriosa este ano), o Mapa do Maroto (uma esboço da escola que mostra as pessoas e onde elas estão naquele exato instante), a verdade por trás da Casa dos Gritos (que todos acreditam ser mal assombrada)... mas se prepare mesmo para a singularidade sobre o Perebas (sim o rato do Rony)!!

quarta-feira, 6 de julho de 2016

{RESENHA} Harry Potter e a Câmara Secreta - J. K. Rowling

Harry está ansioso pelo fim das férias escolares e pelo retorno à Hogwarts. Desde que as atividades do ano letivo se encerraram, ele não vê os melhores amigos - Rony e Hermione - e nem se comunica com eles, uma vez que o tio trouxa o obriga a manter Edwiges (a coruja-correio de Harry) trancada em sua gaiola. A situação fica ainda pior para o jovem bruxo quando um elfo doméstico, Dobby, aparece na residência dos Dursley e arruína um importante jantar de negócios dos mesmos.

Clique aqui para ver Harry Potter e a Pedra Filosofal.

Foto: Lu Garcia
Segundo Dobby, Harry Potter não deve voltar à escola de Magia e Bruxaria este ano, pois há uma trama sórdida maquinada por alguém cujo nome o elfo se recusa a revelar. Como castigo pela confusão, os tios aprisionam o menino gradeando todo o seu quarto e prometendo-o que nunca mais sairá dali. No entanto, Harry tem amigos muitos astutos, leais e travessos que o resgatam em um carro voador.

Clique aqui para ver Harry Potter e o Cálice de Fogo.

Após vários empecilhos, finalmente ele está de volta à Hogwarts e tudo parece dentro do normal. Até que alguns alunos se tornem alvos de algo ou alguém capaz de petrificar suas vítimas. E adivinhe qual bruxo é sempre o primeiro a estar nas cenas dos crimes? Sim! Harry Potter - o suspeito número 1 dos ataques...

Clique aqui para ver Harry Potter e a Ordem da Fênix.

Minha Percepção - Agora que o leitor já sabe como são os Dursley e como Hogwarts funciona, J.K. Rowling nos apresenta um Harry mais maduro como bruxo e mais inseguro como pessoa. Além disso, ela mostra outra face do Lorde das Trevas, Voldemort, contando-nos sobre sua juventude e falta de caráter irremediável. É com muita maestria que a escritora incorpora a cada página os segredos por trás da Câmara Secreta bem como a revelação do que há escondido nela e quais os seus propósitos.

Clique aqui para ver Harry Potter e o Enigma do Príncipe.

Este título consegue superar o primeiro, contendo mais segredos e provações que Harry e os amigos inseparáveis pouco a pouco vão desvendando. Aqui surge a questão do preconceito, quando  Draco Malfoy insulta a Hermione chamando-a de "sangue ruim", quando um dos pais - ou ambos - são trouxas. Também são levantadas suspeitas contra o guarda-caça da escola, Hagrid, que sempre teve apreço por monstros... Será que ele fora expulso de Hogwarts há 50 anos por ter aberto a câmara, sendo o responsável por libertar uma terrível criatura, a qual culminou na morte de uma aluna?

Clique aqui para ver Harry Potter e as Relíquias da Morte.

Leia e descubra! Você vai ficar abismado!!

sábado, 2 de julho de 2016

{RESENHA} Harry Potter e a Pedra Filosofal - J. K. Rowling

Certa manhã na rua dos Alfeneiros, nº 4, onde moram os Dursley, o dia se iniciava corriqueiro como de costume, sem sequer sinalizar que situações atípicas viriam a ocorrer dali a pouco, como grupos de pessoas eufóricas vestindo longas capas e chapéus pontudos, infestações de corujas, gatos que pareciam pensar e observar os acontecimentos à sua volta... Ah sim, quem são os Dursley?! Uma família que reúne toda a sorte de defeitos que um ser humano possa ter, entre eles, consideram-se superiores aos demais, são mesquinhos e criam o filho, Duda, como um rei mimado. Os eventos que se seguiram neste dia fatídico teria seu ápice ao anoitecer, tornando realidade o pior pesadelo da família "perfeita": a chegada permanente do pequeno órfão Harry Potter em suas vidas.

Clique aqui para ver Harry Potter e a Câmara Secreta.

Foto: Lu Garcia
Harry fora deixado na porta da casa dos tios quando ainda era um bebê, por estes serem seus únicos parentes. A verdade é que eles sempre negaram e detestaram os Potter por considerarem que eram gente imprestável e que compactuava com esquisitices. Junto com o sobrinho havia uma carta de Alvo Dumbledore explicando o por quê de sua chegada. Mal sabia o menino que viveria 11 anos em um inferno, sendo mal tratado, humilhado, usando os restos do primo, sem comemorar aniversários, entre outros. Seu destino começa a mudar quando chega um envelope endereçado a ele. No entanto, sua alegria dura pouco, pois os tios o impedem de ler o conteúdo. Atitude em vão, já que a cada dia chegavam mais e mais cartas todas iguais e para Harry.

Clique aqui para ver Harry Potter e o Cálice de Fogo.

Sem sucesso na entrega, Hagrid  leva a correspondência pessoalmente para o menino, revelando-o que ele é um bruxo, assim como seus pais que foram mortos por outro chamado Voldemort; que ele sobreviveu misteriosamente adquirindo a cicatriz na testa em forma de um raio; que há uma vaga esperando por ele na Escola de Magia e Bruxaria Hogwarts. Em princípio, o garoto acredita que os Dursley estão lhe pregando uma peça, mas reconsidera ao lembrar de casos estranhos que lhe ocorreram e para os quais não via explicação.

Clique aqui para ver Harry Potter e a Ordem da Fênix.

Então ele vai para a escola e lá aprende sobre poções, encantamentos e a jogar quadribol - esporte aéreo popular entre os bruxos cujo utiliza quatro bolas e catorze jogadores montados em vassouras. Descobre o valor das amizades sinceras, mete-se em muitas confusões e aventuras que o ensinarão a enfrentar a vida, incluindo a aproximação perigosa e iminente de Voldemort...

Clique aqui para ver Harry Potter e o Enigma do Príncipe.

Minha Percepção - A autora começa a narração detalhando minuciosamente como é a família Dursley, assim o leitor consegue imaginar o tormento que será a vida do pobre Harry, além de detestá-los logo de entrada (a menos que você se identifique com a descrição). Eles são um dos piores tipos de pessoas que existem: mentirosos, gananciosos, invejosos, preconceituosos, sem um pingo de generosidade e humildade. Quando você ler, descobrirá que há uma "tia Petúnia" na sua família (desconfio que todos temos, aliás).

Clique aqui para ver Harry Potter e as Relíquias da Morte.

Este primeiro título é o menor volume dentre os sete. Aqui é apresentado ao legente a história de Harry, como fora parar junto aos trouxas (modo como os bruxos se referem a gente comum) e como seus pais morreram. São introduzidas as regras e tradições do mundo da magia e são conhecidas as quatro casas que dividem Hogwarts: Sonserina, Grifinória, Lufa-Lufa e Corvinal.

Já havia assistido todos os filmes antes de finalmente ler a história original e só posso confirmar o que todos sabem, é um sucesso por ser muito bem escrita e estruturada. Além da criatividade de J. K. Rowling, pode-se perceber a excelente retórica presente durante a exposição do livro. Portanto, seria insano de minha parte se não o recomendasse!