domingo, 7 de maio de 2017

{RESENHA} Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Anjos Caídos - Cassandra Clare

Raphael, o líder substituto do clã de Vampiros de Nova Iorque, parou de perseguir Simon ao descobri que ele carrega a Marca de Cain, não por respeito, mas por medo da maldição. Agora quem está em seu encalço é a sedutora Camille, a qual o faz várias promessas, o contrário do colega que só fez ameaças. Excetuando-se o fato de a mãe estar agindo com desconfiança em relação a ele e do impasse com suas duas namoradas, sua vida está tranquila, para os padrões de um Diurno. Mas quando se é parte do Submundo, problemas de verdade tendem a bater na porta, literalmente, primeiro quando começa a ser atacado por pessoas encapuzadas, depois, ao receber bilhetes anônimos ameaçando pessoas próximas a ele. Sem citar o terror de Simon ao testemunhar a Marca de Cain em ação, o pavor ao descobri o que ela faz com seus malfeitores. O que ele esperava afinal? É a vingança se voltando sete vezes contra o agressor.

Clique aqui para ver Cidade dos Ossos.

Foto: Lu Garcia

Clique aqui para ver Cidade das Cinzas.

Clary largou a escola mundana para se dedicar aos estudos dignos de uma Nephilim, incluindo treinos físicos e artes marciais; por enquanto, Jace é seu instrutor. No entanto, as coisas não vão bem entre o casal, o garoto anda distante, parece evitá-la, mesmo após momentos românticos e beijos ardentes... o que está deixando a garota confusa e chateada. Ela não sabe, no entanto, que ele está sendo perturbado por pesadelos horrorosos que o visitam sempre que ele adormece, nesses sonhos Jace ataca a namorada com uma adaga, assassinando-a... e olha que sem saber disso, Jocelyn já desgosta do futuro genro. Alec e Magnus também estão tendo sua primeira discussão de relacionamento... Parece que o único casal em paz é Luke e Jocelyn que estão planejando o casamento.

Clique aqui para ver Cidade de Vidro.

Depois da morte de Valentim e Sebastiam o que todos esperam é um pouco de sossego ou as atribulação corriqueiras. Porém, corpos de Caçadores de Sombras assassinados estão sendo encontrados nos territórios dos membros do Submundo, justo agora que os novos Acordos foram assinados e que cada grupo ganhou o direito de ocupar uma cadeira no Conselho...

Clique aqui para ver Cidade das Almas Perdidas.

Minha Percepção - Depois de ler A Cidade de Vidro, o que eu esperava da saga era um desempenho semelhante, o que não ocorreu. Não estou querendo dizer que este titulo é ruim, mas não se iguala e nem supera o terceiro volume da série Os Instrumentos Mortais. No geral, o enredo é focado no Simon, sobre sua nova vida (ou morte), sobre seu comportamento - "inadequado" para um vampiro - e as primeiras "perdas" do garoto, ou seja, as desvantagens de ser do Submundo. Além, é claro, de mais informações sobre a tal Marca de Cain, o que já digo: ok, protege o menino mas não achei grande coisa.

Clique aqui para ver Cidade do Fogo Celestial.

A história ganha corpo mesmo quando a Clary descobre a Igreja de Talto, bem esquisita, me arrepiei só de ler a descrição do que ela vislumbrou lá dentro. É uma especie de templo para cultuar demônios... A Rainha Seelie também dá o ar da graça nesse livro, bem insistente, arrogante e irritante com suas verdades pela metade! Mas se for para chegar na última página e ler o que li, sim, vale muito a pena. O final é surpreendente, quando pensamos que esta tudo bem, tudo resolvido, vem a Cassandra e nos prega uma bela peça...